Parceiros Ekoporã

Loading
http://ekopora.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/parceiros.cnpqgk-is-112.pnglink
http://ekopora.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/parceiros.fcagk-is-112.pnglink
http://ekopora.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/parceiros.fepafgk-is-112.pnglink
http://ekopora.com.br/modules/mod_image_show_gk4/cache/parceiros.sebraegk-is-112.pnglink

Ekoporã Florestas finaliza recuperação de área degradada em área urbana de Ponta Porã

Prefeitura de Ponta Porã cria área de preservação ambiental

Prefeitura cria área de preservação ambiental No mês em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, Ponta Porã está ganhando uma nova reserva ambiental, localizada às margens de um dos mais importantes recursos hídricos, o rio São João. A área, de 10 hectares, está localizada nas proximidades do bairro Bosque Ponta Porã. Conhecida por Rua Laranjeiras, até o ano passado, ela era ocupada por 180 famílias que construíram suas habitações em locais de alto risco. O que era uma ocupação irregular, oferecendo risco aos moradores e ainda propiciando a degradação do São João, está se tornando uma imensa área verde. O reflorestamento visa recompor a vegetação nativa, fundamental para garantir a vida de um dos mais importantes rios que nascem no município. Nesta semana, os secretários municipais Helio Peluffo Filho (Infraestrutura e Meio Ambiente), Leo Derzi (Governo e Comunicação) e o vereador Osmar de Matos, estiveram acompanhando o trabalho desenvolvido pela empresa especializada em reflorestamento. Eles inclusive fizeram simbolicamente o plantio de algumas mudas de espécies nativas. São mais de 10 mil mudas de guanandi, louro pardo, jequitibá rosa, jenipapo e angico. O trabalho está sendo efetuado pela empresa Ekoporã Florestas. O guanandi, por exemplo, é considerada a primeira espécie transformada em madeira de lei no Brasil, na época do governo de D. Pedro II, no século 19. No novo bosque que, futuramente, se transformará numa imensa área verde que irá garantir a recomposição da mata ciliar na margem direita do São João, o plantio é feito através das mais modernas técnicas. "Todas as mudas receberam um tratamento especial para que possam se transformar em plantas vigorosas", garantiram os técnicos da empresa. O secretário Helio Peluffo Filho destacou a importância do projeto de revegetação do local. "Este trabalho faz parte da contrapartida do Município num projeto social de grande alcance. Aqui, moravam em condições precárias, 180 famílias que foram transferidas para um conjunto habitacional com melhor infraestrutura", garantiu. Leo Derzi também ressaltou a atuação da Prefeitura de Ponta Porã em parceria com o Governo do Estado, na solução do problema: "o que antes era um problema que parecia não ter solução, foi resolvido da melhor forma possível. As famílias que moravam aqui, em condições precárias, hoje estão melhor abrigadas", destacou Leo. "Além disso, a população de Ponta Porã está ganhando uma importante área de preservação ambiental com este trabalho de revegetação", ressaltou Helio Peluffo. Para transformar o local numa área de preservação permanente, a Prefeitura fez, primeiro, o trabalho de desfavelização, ou seja, a retirada das famílias que ocupavam irregularmente o local. Depois que elas foram levadas para um novo conjunto habitacional, no qual, cada família teve direito a uma casa, foi feito o isolamento da área para a retirada dos entulhos. Agora, a última etapa do projeto é o plantio das árvores para o completo reflorestamento. Além do plantio das mudas, foi instalada uma cerca para garantir o isolamento do local.

Fonte: Site - Prefeitura de Ponta Porã - http://www.pontapora.ms.gov.br/index.php?pagina=noticias-ver&id_noticia=1455

Ekoporã Florestas Ltda.

Rua Nabor Silva n°32 – CEP 17400-000 – Garça/SP

Sede: (14)3737-0758   /  (14)99737-7957

 

 



Estação13 Agência Web